A missão da VISA é promover e proteger a saúde da população, garantindo os direitos constitucionais do cidadão e defendendo a vida. Seu objetivo é proteger e promover a saúde, evitando incapacidades e doenças.

18/02/2020

VISA Teixeira de Freitas marca presença no Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária (SIMBRAVISA-2019)

A Vigilância Sanitária (VISA) da Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas esteve representada no 8° Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária (Simbravisa), que começou no último sábado (23) e vai até amanhã (27), em Belo Horizonte-MG (ano 2019).
O evento conta com a participação de trabalhadores de vigilância sanitária de todo o país, com o objetivo de apoio à qualificação profissional, o fortalecimento da produção de conhecimentos e o aprimoramento da formulação de políticas de saúde, educação e ciência e tecnologia para o enfrentamento dos problemas de saúde da população brasileira.
O tema deste ano foi “Democracia e Saúde: caminhos e descaminhos da Vigilância Sanitária”. Os servidores da Visa de Teixeira de Freitas, Jadson Hombre e Betânia Batista, participaram do evento apresentado trabalhos que são frutos de pesquisas e projetos realizados no município.
Os trabalhos apresentados pela Visa de Teixeira de Freitas foram os seguintes:



25/10/2019

BÓRAX - Ingrediente de slime pode causar intoxicação

Produto vendido como ativador de slime, uma espécie de geleca caseira, não deve ser manipulado por crianças. Se inalado ou ingerido, o bórax pode causar náuseas, vômitos e cólicas abdominais, entre outros.

















Orientações em caso de intoxicação



  • Não provoque vômito.
  • Não ingira água, leite ou qualquer outro líquido.
  • Ligue para o Centro de Informações Toxicológicas (CIT) local. Veja o número do Centro de cada estado e do Distrito Federal no link.
  • Se recomendado pelo atendente do centro, busque atendimento médico com urgência.



A Anvisa alerta que a substância bórax, também conhecida como borato de sódio, vem sendo utilizada e vendida de forma inadequada como ativador de slime, uma espécie de geleca caseira. Tal uso não é regulamentado pela Agência e pode ser prejudicial para a saúde, especialmente de crianças.

O bórax é um produto químico autorizado para diversas finalidades, como em fertilizantes, produtos de limpeza e até mesmo em medicamentos. Entretanto, se inalado ou ingerido, pode causar intoxicação. O uso inadequado do bórax pode provocar náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarreia com coloração azul/esverdeada, cianose (pele, unhas e lábios azulados ou acinzentados) e queda de pressão, perda da consciência e choque cardiovascular.
Em 2002, a Anvisa proibiu um brinquedo chamado "Meleca Louca" por causa da presença do bórax. Por isso, seu uso deve ser restrito para as finalidades autorizadas e nas doses recomendadas pelas autoridades competentes. Por se tratar de um produto químico, não deve ser manipulado por crianças.
Fonte: Ascom/Anvisa.

29/08/2019

Vigilância Sanitária de Teixeira de Freitas realiza ação educativa em escolas municipais

Na manhã desta segunda-feira (5 de agosto), Dia Nacional da Vigilância Sanitária, a equipe da VISA, da Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas, realizou nas escolas municipais São Lourenço e Gilberto Cardoso, uma ação educativa com o objetivo de conscientizar os alunos, professores, direção e funcionários quanto aos cuidados no consumo, manejo e armazenamento de alimentos, além de explicar aos estudantes como é o trabalho da vigilância sanitária.



Houve distribuição de panfletos educativos e interação dos fiscais sanitários com os estudantes, que responderam perguntas sobre a VISA e como as ações de vigilância podem atuar e melhorar a qualidade da saúde da população.
Dentre as orientações passadas para os estudantes estão:
• Cuidados para evitar contaminação dos alimentos a exemplo de cabelo, pedra no feijão, mofo;
• Cuidados com a contaminação cruzada, não utilizando o mesmo utensílio para alimentos crus e cozidos sem higienizar antes;
• Cuidados com o armazenamento, observando a data de validade, mantendo alimentos perecíveis sempre sob refrigeração.
• Cuidados com a limpeza dos alimentos sempre com água e sabão e a sanitização e higienização do ambiente depois do preparo;
• Cuidados com o descarte do lixo sempre em recipientes tampados.


Coordenadora do setor, Betânia Batista.

Para a coordenadora do setor, Betânia Batista, é de suma importância que cada vez mais as pessoas conheçam o trabalho da vigilância sanitária. “As ações educativas feitas dentro das escolas se tornam fundamentais para que não somente os estudantes saibam como é a atuação da VISA, mas também os pais. A partir do momento em que o consumidor sabe dos seus direitos, ele tem a opção de escolha, o que consequentemente leva o comerciante a se adequar, promovendo a venda de produtos em conformidade com as normas sanitárias.”, explicou Betânia.
Vigilância Sanitária




A Vigilância Sanitária está diretamente ligada à qualidade de vida da população, na medida em que promove a saúde preventiva, por meio da orientação e da fiscalização de produtos e serviços usados pelas pessoas.
O Dia Nacional da Vigilância Sanitária foi instituído no mesmo dia de nascimento de Oswaldo Cruz, o principal sanitarista da História do Brasil. Nascido em 1872, em São Luís de Paraitinga (SP), ficou conhecido por combater a epidemia de peste bubônica e de febre amarela.




Fonte: ASCOM/PMTF

17/06/2019

VISA Teixeira de Freitas realiza confraternização junina


No dia 13 de junho (sexta-feira) foi realizada a confraternização junina da VISA, com a presença da equipe de fiscalização, setores administrativos e coordenação, além de convidados de outros departamentos. A festa temática contou com diversas comidas típicas e muita animação. Confira nas fotos abaixo:






Vigilância Sanitária realiza ação de conscientização para controle da proliferação de pombos




A Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas realizou esta semana mais uma ação de conscientização. Desta vez a equipe foi à “feira de quarta” para levar informações aos comerciantes e clientes sobre o cuidado que deve ser tomado com relação à proliferação de pombos.



Fiscais durante divulgação junto a população na feira livre - Mercado Caravelas

A falta de controle da população da pombos nas áreas urbanas, leva risco à saúde das pessoas, pois as colônias produzem uma grande quantidade de fezes, que tem bactérias, fungos e alguns tipos de vírus, podendo transmitir várias doenças como meningite e pneumonia para as pessoas.
Preocupada com a grande quantidade de pombos na cidade, a Vigilância Sanitária de Teixeira de Freitas desenvolveu um projeto para tentar controlar a superpopulação de pombos no perímetro urbano.

Fiscal Andreia em entrevista ao Jornal Bahia Meio Dia - TVBahia/Globo

Vale ressaltar que as medidas, ambientalmente corretas, devem limitar-se ao controle e não à matança das aves, já que, apesar de não pertencerem a uma espécie nativa do Brasil, os pombos que vivem em liberdade em nosso meio são considerados parte integrante da fauna silvestre brasileira, estando, portanto, amparados pela legislação de proteção à fauna.

Para evitar o crescimento da população de pombos e as doenças transmitidas por eles, as medidas a seguir devem ser tomadas:

• Não deixar restos de alimentos que possam servir de alimento para os pombos como grãos, farelos e rações;
• Efetuar a limpeza constante do local;
• Nunca alimentar os pombos;
• Utilizar máscara e luvas ao fazer a limpeza de locais onde há fezes de pombos;
• Antes de varrer as fezes dos pombos, umedecer com água e desinfetante;
• Vedar buracos e vãos entre paredes, telhados e forros.


Fonte:
ASCOM - PMTF/SMS/VISA