A missão da VISA é promover e proteger a saúde da população, garantindo os direitos constitucionais do cidadão e defendendo a vida. Seu objetivo é proteger e promover a saúde, evitando incapacidades e doenças.

20/05/2020

VISA participa de blitz sanitária em ação de combate ao coronavírus.

Uma blitz na entrada de Teixeira de Freitas, acesso a BA-290, nesta sexta-feira (15), verificou temperatura, distribuiu máscaras e orientou motoristas sobre medidas de prevenção ao coronavírus (COVID-19). A ação foi realizada pela Prefeitura, através Secretaria Municipal de Saúde e contou com apoio da Polícia Rodoviária Estadual e da Secretaria de Segurança e Cidadania do Município.

O secretário de Saúde, Hebert Chagas, esteve presente na ação e explicou que “inicialmente a Blitz é educativa” e visa, orientar os motorista sob o risco de disseminação da COVID. “Caso os profissionais de saúde identifiquem algum cidadão com sintomas da Covid-19, ele é orientado a retornar à sua cidade de origem e procurar os serviços de saúde, ou a depender do quadro, encaminhado à UPA em Teixeira”, pontuou o Secretário.


“Nossa intenção não é barrar a entrada de pessoas em nossa cidade, mais conscientizar o máximo de pessoas dos riscos da pandemia e manter a vigilância desse combate”, concluiu Secretário.


Manoel Chaves, que foi surpreendido com a ação, elogiou: “estão de parabéns! Passo por aqui sempre e estou indo à cidade fazer compras e não sei como estou, dá até medo ter a temperatura aferida, mas é um alívio saber que estou bem (sem sinais de febre).”

A iniciativa que deverá ser levada a outras partes da cidade, foi realizada em caráter experimental e é, a primeira, a ser feita no município. Com mais de 30 pontos de acesso a Teixeira de Freitas, a Secretaria de Saúde do Município ainda busca meios para fiscalizar todos as entradas da cidade.










Fonte: ASCOM/PMTF

VISA atua na fiscalização do comércio local e orientação para clientes.




A Prefeitura de Teixeira de Freitas está fiscalizando, por meio das Secretarias de Saúde e de Segurança Pública, com o apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, estabelecimentos o comerciais de Teixeira de Freitas. O objetivo é orientar e fazer com que os estabelecimentos e os consumidores, sigam as medidas de segurança estabelecidas pelo Decreto Municipal 436/2020, publicado na última segunda-feira (6).

Hoje, 8, foi dia de intensa ação pelas ruas do centro da cidade. A abordagem foi com muita orientação e, em quando necessário, com notificação. As equipes conversavam com clientes sobre como agir. Nos estabelecimentos verificavam o uso dos métodos de prevenção.

Para Rose, administradora de uma loja de vestuário no centro da cidade, a iniciativa é importante. “Estamos seguindo todas as medidas de segurança e respeitando a distância exigida entre os clientes e colaboradores. Acreditamos que isso seja fundamental para que possamos superar esta pandemia”, destacou a administradora.

O Decreto 436/2020, no artigo 5º, “determina que o descumprimento ou desobediência ao quanto previsto neste Decreto, será caracterizado como infração à legislação e sujeitará o infrator às penalidades e sanções cabíveis, inclusive, no que couber, interdição, apreensão de mercadorias, cassação de licença de funcionamento”.


Fiscalização

As equipes de fiscalização, com a Guarda Municipal, fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, e demais setores, com o total apoio da Polícia Militar, estão trabalhando em regime de plantão 24 horas, atuando para fiscalizar e fazer cumprir as normas do novo Decreto municipal vigente, o 436/2020. O estabelecimento notificado receberá multa e poderá perder o alvará de funcionamento.

Novas regras

Os restaurantes, lanchonetes, delicatessen/conveniências (postos de combustível), bares, trailers, barracas e similares devem funcionar, preferencialmente, no sistema “Drive Thru” (retirada no balcão) ou “delivery” (entrega no endereço). Sendo proibida a comercialização de bebidas, alcoólicas ou não, para consumo em balcão ou em mesas dispostas em calçadas.

Seguem proibidas as atividades em:

• Salões de festas;
• Clubes sociais e recreativos;
• Academias de ginástica;
• Cinema;
• Campos e quadras para práticas de esporte de contato físico;
• Demais atividades coletivas com potencial de causar aglomeração de pessoas.

Existe ressalva, com possibilidade de exercício das atividades, para os salões de beleza, barbearias e afins que atenderem de forma individualizada, com horário agendado e sem pessoas em sala de espera. O mesmo vale para os estúdios de fisioterapia/pilates.

Fonte: ASCOM/PMTF

Vídeo: Vigilância Sanitária fiscaliza cumprimento das normas para funcionamento do comércio em Teixeira

18/02/2020

VISA Teixeira de Freitas marca presença no Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária (SIMBRAVISA-2019)

A Vigilância Sanitária (VISA) da Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas esteve representada no 8° Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária (Simbravisa), que começou no último sábado (23) e vai até amanhã (27), em Belo Horizonte-MG (ano 2019).
O evento conta com a participação de trabalhadores de vigilância sanitária de todo o país, com o objetivo de apoio à qualificação profissional, o fortalecimento da produção de conhecimentos e o aprimoramento da formulação de políticas de saúde, educação e ciência e tecnologia para o enfrentamento dos problemas de saúde da população brasileira.
O tema deste ano foi “Democracia e Saúde: caminhos e descaminhos da Vigilância Sanitária”. Os servidores da Visa de Teixeira de Freitas, Jadson Hombre e Betânia Batista, participaram do evento apresentado trabalhos que são frutos de pesquisas e projetos realizados no município.
Os trabalhos apresentados pela Visa de Teixeira de Freitas foram os seguintes:



25/10/2019

BÓRAX - Ingrediente de slime pode causar intoxicação

Produto vendido como ativador de slime, uma espécie de geleca caseira, não deve ser manipulado por crianças. Se inalado ou ingerido, o bórax pode causar náuseas, vômitos e cólicas abdominais, entre outros.

















Orientações em caso de intoxicação



  • Não provoque vômito.
  • Não ingira água, leite ou qualquer outro líquido.
  • Ligue para o Centro de Informações Toxicológicas (CIT) local. Veja o número do Centro de cada estado e do Distrito Federal no link.
  • Se recomendado pelo atendente do centro, busque atendimento médico com urgência.



A Anvisa alerta que a substância bórax, também conhecida como borato de sódio, vem sendo utilizada e vendida de forma inadequada como ativador de slime, uma espécie de geleca caseira. Tal uso não é regulamentado pela Agência e pode ser prejudicial para a saúde, especialmente de crianças.

O bórax é um produto químico autorizado para diversas finalidades, como em fertilizantes, produtos de limpeza e até mesmo em medicamentos. Entretanto, se inalado ou ingerido, pode causar intoxicação. O uso inadequado do bórax pode provocar náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarreia com coloração azul/esverdeada, cianose (pele, unhas e lábios azulados ou acinzentados) e queda de pressão, perda da consciência e choque cardiovascular.
Em 2002, a Anvisa proibiu um brinquedo chamado "Meleca Louca" por causa da presença do bórax. Por isso, seu uso deve ser restrito para as finalidades autorizadas e nas doses recomendadas pelas autoridades competentes. Por se tratar de um produto químico, não deve ser manipulado por crianças.
Fonte: Ascom/Anvisa.